quarta, 01 dezembro 2021
Imagem topo

Aumentar os glúteos através de intervenção estética

Publicado domingo, 04 julho 2021 10:45

O exercício físico é uma boa forma de tonificar e melhorar a tonicidade dos glúteos, mas é possível aumentá-los, criando uma aparência mais uniforme e um maior volume, através de cirurgia plástica. [...]


O exercício físico é uma boa forma de tonificar e melhorar a tonicidade dos glúteos, mas é possível aumentá-los, criando uma aparência mais uniforme e um maior volume, através de cirurgia plástica.

Este procedimento é ideal para mulheres e homens com ausência de projeção e volume na região glútea. As deformidades podem ser congénitas ou adquiridas, ocorrendo desde a infância ou surgindo na vida adulta e as alterações no volume ou na projeção são geralmente devido à hipotrofia muscular e à falta de gordura na região glútea. “Com o tempo, o excesso de gordura na área do quadril, barriga e coxas, juntamente com a força da gravidade e as limitações da pele flácida, resultam numa concentração de gordura que se desenvolve na parte inferior das nádegas, dando a aparência de nádegas pesadas e achatadas”, explica o Dr. Luiz Toledo, cirurgião plástico.

Mas, seja para homens ou mulheres, “o aumento de glúteos, ou como chamamos no Brasil, a técnica do Brazilian Buttock, só pode ser realizada se existir um excesso de gordura localizada em outras partes do corpo que possa ser enxertada nas nádegas”, explica o cirurgião.

Para este procedimento, são necessárias, geralmente, três a seis pequenas incisões de meio centímetro na área do quadril e dobras glúteas. A grande vantagem das técnicas de lipoescultura nesses casos é a combinação da aspiração do excesso de gordura com a injeção dessa gordura aspirada nas áreas deprimidas. Na maioria dos casos há um acúmulo de gordura na região do quadril, culotes e parte interna das coxas e a remoção isolada desse excesso de gordura com lipoaspiração trará melhorias ao contorno. Esse excesso de gordura pode ser usado como um enxerto para aumentar o volume da região glútea.

Em relação à recuperação, “no pós-operatório prescrevemos o uso de uma cinta elástica que ajuda a manter a nova forma e a reduzir o inchaço. A drenagem linfática, uma massagem leve, também é prescrita, ajudando com o inchaço nas áreas de lipoaspiração, evitando o local de injeção de gordura e que pode ser iniciada 24 horas após a cirurgia. Caminhar é essencial a partir do segundo dia, aumentando a distância percorrida a cada dia. A partir da terceira semana, o ultrassom de baixa frequência e a endermologia ajudarão na correção de quaisquer áreas endurecidas que possam-se desenvolver. O regresso ao trabalho pode ser feito entre 2 a semanas após a cirurgia, o exercício e apanhar sol só 4 a 6 semanas depois”, acrescenta Luiz Toledo.

Imagens em alta resolução: https://we.tl/t-gkcue7vlJf

Sobre o Dr. Luiz Toledo

O Dr. Luiz Toledo é conhecido e respeitado como inovador nas técnicas cirúrgicas de rejuvenescimento facial e contorno corporal. A sua habilidade como cirurgião plástico internacional, combinada com a sua sensibilidade artística e a mais recente tecnologia, ajudou milhares de seus pacientes a parecerem mais jovens e se sentirem melhor. 

Nos últimos 30 anos esteve envolvido em palestras e congressos em todo o mundo. Escreveu e editou 14 livros incluindo o livro “Refinamentos do Contorno Facial e Corporal” que foi traduzido para vários idiomas. O seu livro "Lipoescultura Superficial" tornou-se um dos livros de referência sobre a técnica.

Publicou mais de 70 artigos científicos e editou edições de Clinics in Plastic Surgery. Ministrou cursos sobre a sua técnica de contorno facial e corporal nos congressos das sociedades americanas ASPS e ASAPS durante 15 anos. Foi Diretor de Curso da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética - ISAPS - por sete anos, organizando cursos em todo o mundo e também, durante seis anos, Diretor de Educação Pública da ISAPS, organizando as primeiras estatísticas internacionais de cirurgia plástica. Em 1999 tornou-se Professor de Pós-graduação em Cirurgia Plástica Estética pela ISAPS.

Organizou simpósios anuais em Belgrado, na Sérvia, por mais de 10 anos e até dezembro de 2018 foi diretor científico da Emirates Plastic Surgery Society, organizando reuniões mensais e congressos anuais da EPSS para os cirurgiões plásticos locais e do Golfo nos últimos seis anos. Foi responsável pelo primeiro curso da ISAPS no Dubai em janeiro de 2014 e organizou mais de 120 congressos, cursos e simpósios internacionais de cirurgia plástica. Em 2012 tornou-se médico em Portugal e em 2015 especialista em cirurgia plástica. Em 2018 foi aceite como membro da SPCPRE – Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética.

Desde dezembro de 2018 trabalha também em Portugal no Hospital Saint Louis em Lisboa.

Para mais informações: https://www.drluiztoledo.com/

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

Estatuto Editorial do Cerveira Nova

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

cerveirafm

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.