quarta, 01 dezembro 2021
Imagem topo

Carta aberta aos governos dos Estados-Membros da UE

Publicado quarta, 10 novembro 2021 10:00

Carta aberta aos governos dos Estados-Membros da UE para que não adotem o DMA (Lei dos Mercados Digitais) a menos que sejam resolvidas deficiências significativas que apenas protegem o Google e o Facebook. [...]


Carta aberta aos governos dos Estados-Membros da UE para que não adotem o DMA (Lei dos Mercados Digitais) a menos que sejam resolvidas deficiências significativas que apenas protegem o Google e o Facebook.

A EMMA, European Magazine Media Association, e a ENPA, European Newspaper Publishers Association, escrevem em nome dos editores europeus de imprensa que publicam mais de 50.000 títulos de revistas e jornais (online e impressos), bem como de 20 grupos de media.

A Lei dos Mercados Digitais (DMA) é uma oportunidade única para a Europa e de importância fundamental para o desenvolvimento dos mercados digitais e a soberania digital da União Europeia.

A EMMA e a ENPA ficaram satisfeitas por ver que todos partilhávamos a necessidade de ter uma legislação (DMA) para resolver os desequilíbrios de mercado causados pelos gatekeepers, incluindo o Google e o Facebook.

No entanto, uma vez que as principais deficiências, como a isenção para os motores de busca da obrigação de proporcionar condições de acesso justas permanecem por resolver pelos Estados-Membros, a UE corre o risco de entregar os seus mercados digitais aos grandes monopólios.

Com efeito, a surpreendente pressa dos Estados-Membros em adotar uma posição comum sobre o DMA, devido à necessidade de alargar a obrigação de aplicar condições de acesso justas e não discriminatórias a todos os serviços da plataforma e, no mínimo, ao Google e ao Facebook, só permitirá que esses gatekeepers discriminem conteúdos e decidam o que os europeus consomem, veem e leem. O DMA tornar-se-á, como tal, uma lei de proteção do Google e do Facebook.

A EMMA e a ENPA, juntamente com todos os seus membros, pedem aos governos dos Estados-Membros que tomem uma posição clara, votem contra esses planos, a menos que o regulamento proíba claramente os gatekeepers de discriminarem e imporem condições de acesso desleais.

Chegou o momento de os Estados-Membros agirem e pôr termo a este caminho escorregadio para o futuro da democracia europeia, das liberdades europeias e da economia europeia.

Jean-Pierre de Kerraoul                                                                 Xavier Bouckaert

Presidente da ENPA                                                                         Presidente da EMMA

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

Estatuto Editorial do Cerveira Nova

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

cerveirafm

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.