segunda, 22 julho 2019
Imagem topo

Promessas por cumprir

Publicado quarta, 03 julho 2019 11:35

Veio publicado neste jornal, com data dia 5 de Julho de 2002 uma notícia referente a obras de restauro e adaptação da ex-casa da floresta de Sapardos, onde se prometia um investimento inicial de 200 mil euros, mas que, o valor (...)


 

Veio publicado neste jornal, com data dia 5 de Julho de 2002 uma notícia referente a obras de restauro e adaptação da ex-casa da floresta de Sapardos, onde se prometia um investimento inicial de 200 mil euros, mas que, o valor total da segunda fase, seria bastante superior a este. Portanto um grande investimento, superior a 400 mil euros.

As ditas obras, tinham por objectivo, para além da recuperação e a adaptação do imóvel, a construção de um Centro de Astronomia e Cultura Cientifica, e também fazer formação e cursos de iniciação, atrairia ao Concelho turismo científico.

O projecto que tinha o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira e da Junta de Freguesia de Sapardos, encontrava-se, à data, no Ministério da Ciência e Tecnologia, para emissão de parecer e eventual apoio financeiro. Era portanto, um dado adquirido.

Foi uma excelente notícia em muitas vertentes. A parte ligada à Astronomia e à Ciência, iria revolucionar esta Freguesia, o Concelho, o País e o mundo. Seria, uma espécie de” lança em África”, uma novidade e uma atracção muito importante, um campo científico, de excelência e também, um pequeno travão para o combate à desertificação das Freguesias do interior. Ao mesmo tempo, um sinal de descentralização, chavão tão usado pêlos nossos políticos em determinadas alturas, mas que depois o esquecem imediatamente.

Para além de tudo o mais, teria a vantagem, acessória, de preservar o património edificado, à época da notícia, em muito melhor estado, de conservação, como o ilustra a foto que acompanhava a notícia, e de dar vida aquele espaço florestal, que poderia ser muito aprazível.

Cheguei a pensar que, como a Câmara vinha disponibilizando verbas consideráveis para a Junta de Freguesia de Sapardos, construir um Parque de Lazer, este seria construído ali, ao seu redor, até porque na altura existiam bastantes Carvalhos autóctones e uma boa bica de água.

Tinha, portanto, condições para ser um excelente projecto Astronómico e ambiental.

Passados 17 anos, sobre esta notícia, nada se realizou. Nem a obra do Centro de Astronomia e Cultura Cientifica, nem o Parque de lazer, pêlo contrário, o abandono é ainda maior. O telhado do edifício derruiu, mas as paredes exteriores e interiores continuam a resistir. O mato e o arvoredo, nascem a esmo e o panorama total é desolador. Há uma grande Pereira para nos recordar que ali, em tempos, seria a horta de uma casa de família, a do guarda-florestal.

O Consulado socialista terminou em 2013 e daí para cá, nem promessas houve. Tem, portanto, a palavra a Junta de Freguesia de Sapardos e o actual executivo Camarário.

Candemil, a 21/6/2019
(O autor deste artigo não segue o actual acordo ortográfico em vigor)

 

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

Estatuto Editorial do Cerveira Nova

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

radio cultural de cerveira

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.