quarta, 27 maio 2020
Imagem topo

Rombo na Rede

Publicado sexta, 10 abril 2020 08:35

A notícia surgida na noite de ontem, ao redor da mudança na situação do jovem Rui Pinto, constituiu, indiscutivelmente, um fortíssimo rombo na REDE que Joana Marques Vidal tão bem salientou nos seus tempos de liderança da Procuradoria-Geral da República. Um rombo muito bem organizado pela Polícia (...)


A notícia surgida na noite de ontem, ao redor da mudança na situação do jovem Rui Pinto, constituiu, indiscutivelmente, um fortíssimo rombo na REDE que Joana Marques Vidal tão bem salientou nos seus tempos de liderança da Procuradoria-Geral da República. Um rombo muito bem organizado pela Polícia Judiciária, naturalmente acompanhada aqui pelo Ministério Público, agora de Lucília Gago. Um fantástico rombo na REDE!

E se é verdade que eu sempre pude perceber – e assim mesmo o referi – o pânico que se apoderou de mil e um logo surgidos nas nossas televisões, quando Joana apontou a sua perceção – certeza, claro está – sobre a existência da REDE, também conjeturo agora o terrível susto, para mais em tempos de COVID-19, que tantos do mundo do crime organizado, por cá e por partes diversas do mundo, terão apanhado com a notícia que nos chegou no início da noite de ontem.

Claro está que tudo isto dependeu da inteligência do jovem Rui Pinto, mas não pode deixar-se de lado o profissionalismo e a competência dos seus advogados, como por igual a luta perseverante de Ana Gomes. E também não deixei de estranhar o silêncio do deputado e comentador, André Ventura, sempre na primeira linha do combate à criminalidade em defesa das ações e dos êxitos policiais.

Todavia, e ao contrário da aparente certeza de Miguel Sousa Tavares, eu ainda prefiro esperar. Só vendo resultados eu conseguirei acreditar que as coisas mudaram no domínio aqui em jogo. Ou domínios.

Por fim, uma chamada de atenção para a nossa Direita e Extrema-Direita: afinal, este êxito terá agora de ser assacado à ação orientadora e superior da Procuradora-Geral da República, Lucília Gago. Direita e Extrema-Direita, que não se cansavam de atribuir todo o tipo de êxitos investigatórios a Joana Marques Vidal, mas que se deitam agora ao silêncio com Lucília Gago a liderar a Procuradoria-Geral da República. Muito sintomático... E já agora: consegue o leitor imaginar as dores abdominais da rapaziada da REDE desde a noite de ontem?

Hélio Bernardo Lopes

 

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

Estatuto Editorial do Cerveira Nova

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

cerveirafm

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.