terça, 25 junho 2019
Imagem topo

Mosteiro de S. João D'Arga acolhe comemoração do Dia Internacional da Biodiversidade

Publicado sexta, 17 maio 2019 15:35

O Dia Internacional da Biodiversidade, que se celebra no próximo dia 22 do corrente, vai ser comemorado no coração da Serra D’Arga, com uma sessão subordinada ao tema “Conservação, Proteção e Promoção do Património Natural e (...)


O Dia Internacional da Biodiversidade, que se celebra no próximo dia 22 do corrente, vai ser comemorado no coração da Serra D’Arga, com uma sessão subordinada ao tema “Conservação, Proteção e Promoção do Património Natural e Cultural”. O Mosteiro de S. João D’Arga vai acolher esta iniciativa, que decorre no âmbito do projeto “Da Serra d'Arga à Foz do Âncora”, e tem início marcado para as 14h00.

A primeira intervenção caberá o presidente da Câmara de Caminha. Para Miguel Alves, a Serra D’Arga é “uma prioridade”, como o comprovam os constantes esforços de investimento, proteção e valorização da biodiversidade. A circunstância desta sessão poder decorrer no Mosteiro de S. João D?Arga é disso mesmo exemplo, uma vez que o imóvel foi alvo de um importante investimento, que superou o meio milhão de euros. Em agosto de 2015, o Mosteiro apresentava-se totalmente recuperado, após trabalhos de conservação e de beneficiação na capela, nos albergues, nos espaços exteriores, nos sanitários públicos, no edifício de apoio ao Santuário e, ainda, com o melhoramento e execução de algumas infraestruturas.

O projeto intermunicipal “Da Serra d'Arga à Foz do Âncora” será apresentado em seguida pelo vice-presidente da Câmara de Caminha, Guilherme Lagido Domingos. O âmbito territorial deste projeto, cuja primeira fase já pode ser conhecida através do sítio na Internet www.serradarga.pt, incide sobre o território classificado como Sítio de Importância Comunitária da Rede Natura 2000 “Serra de Arga”, que inclui parte do Vale do Rio Âncora e o maciço serrano propriamente dito e corresponde a uma área com 4.493 hectares.

Recorde-se que está em causa uma operação conjunta, envolvendo os municípios de Caminha, Viana do Castelo e Ponte de Lima, que visa fundamentar a sua proposta de classificação deste território como Área de Paisagem Protegida de âmbito regional, reforçando o seu caráter único enquanto ativo territorial e produto turístico emergente.

A candidatura agora em execução - “Da Serra d'Arga à Foz do Âncora” - é mais um importante passo, permitindo atualizar os conhecimentos sobre o território nas suas diferentes variáveis (paisagem, flora, fauna, geologia, património cultural e imaterial, serviços dos ecossistemas, dinâmica turística e socio economia); promover turisticamente (turismo de natureza) o território e divulgar os seus valores naturais, culturais e paisagísticos; promover a interpretação dos trilhos existentes, divulgando os valores florísticos, faunísticos, geológicos, paisagísticos e imateriais; utilizar as tecnologias de informação para aumentar a visibilidade do espaço e da Região Norte e do seu património natural junto dos visitantes e nos mercados nacionais e internacionais.

Durante a tarde do dia 22 de maio intervirão vários especialistas e serão ainda abordados os temas globais: Paisagem e Cultura da Serra D’Arga e Biodiversidade, Geodiversidade e Serviços de Ecossistemas.
A sessão é aberta, mediante inscrição, que é gratuita e obrigatória, podendo ser efetuada até ao dia 17 deste mês, através do endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

Estatuto Editorial do Cerveira Nova

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

radio cultural de cerveira

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.