quarta, 22 maio 2019
Imagem topo

Agentes de “palmo e meio” alertam para a prevenção dos maus tratos

Publicado quinta, 18 abril 2019 15:08

Nove crianças do ATL da Santa Casa da Misericórdia de Monção, participaram, na tarde de ontem, numa campanha de sensibilização para a prevenção dos maus tratos na infância, percorrendo algumas ruas do centro da vila e deslocando-se (...)


Nove crianças do ATL da Santa Casa da Misericórdia de Monção, participaram, na tarde de ontem, numa campanha de sensibilização para a prevenção dos maus tratos na infância, percorrendo algumas ruas do centro da vila e deslocando-se ao campo da feira, onde decorria a feira semanal.

As crianças entregaram às pessoas um flyer em forma de laço azul, símbolo da iniciativa, passando a mensagem que “as crianças devem ser amadas e não maltratadas”. Surpreendidas e agradadas, as pessoas perguntavam o que deviam dar em troca, recebendo como resposta: “carinho e amor às crianças”.

A iniciativa foi muito bem aceite pelas pessoas que se cruzavam com as crianças, tendo estas adorado “vestir a pele” de agentes de “palmo e meio” por alguns momentos. Uma nova “Brigada dos Direitos”, constituída por crianças da Escola Básica José Pinheiro Gonçalves, fará nova campanha no final do mês de abril.

Denominada “Serei o que me deres...que seja Amor”, a campanha de sensibilização para a prevenção dos maus tratos na infância decorre, ao longo deste mês, com a realização de várias atividades de consciencialização e envolvimento da comunidade para esta temática.

No dia 1, teve inicio a colocação de laços azuis nas fachadas dos serviços públicos, comércio, associações e escolas. No dia 30, realiza-se a sessão de encerramento com criação de laço azul humano pela Comunidade Educativa da Escola Básica do Vale do Mouro.

Durante o mês, as crianças contam a “história do laço azul” nas emissões diárias da Rádio Vale do Minho, sendo a mesma história publicada nas duas edições do quinzenário “A Terra Minhota”. No intervalo das sessões de cinema, no Cine Teatro João Verde, é projetado um vídeo sobre a temática.

Os maus-tratos nas crianças e jovens é, infelizmente, uma realidade que ainda persiste na nossa sociedade. Esta iniciativa, como outras, visa sensibilizar a população e impulsionar um esforço coletivo, envolvendo toda a comunidade portuguesa, com o objetivo de minimizar ou erradicar esta problemática social.

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

Estatuto Editorial do Cerveira Nova

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

radio cultural de cerveira

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.