segunda, 25 janeiro 2021
Imagem topo

Ministro da Educação visitou duas escolas em construção num investimento de 5,5 milhões de euros

Publicado sexta, 18 dezembro 2020 07:00

O Ministro da Educação visitou dedicou a manhã de hoje ao concelho de Caminha, onde visitou duas obras estruturais em curso, duas escolas, num investimento de 5,5 milhões de euros, o maior de sempre jamais realizado no concelho (...)


O Ministro da Educação visitou dedicou a manhã de hoje ao concelho de Caminha, onde visitou duas obras estruturais em curso, duas escolas, num investimento de 5,5 milhões de euros, o maior de sempre jamais realizado no concelho. No dia em que termina o primeiro período escolar, Tiago Brandão Rodrigues sublinhou que o regresso às aulas presenciais foi uma “aposta ganha”, só possível com a colaboração de toda a comunidade escolar, que fez com que as escolas sejam efetivamente lugares seguros. O responsável trouxe também boas notícias, como revelou, Miguel Alves, com um reforço da verba atribuída ao concelho de Caminha de 750 mil euros, que levaria o autarca a comentar que o Ministro “hoje foi o nosso Pai Natal”.  

O concelho vai contar com novos equipamentos escolares, capazes de corresponder aos novos tempos. Trata-se da requalificação e ampliação da Escola Secundária Sidónio Pais (3,5 milhões de euros) e da ampliação da Escola Básica e Secundária de Vila Praia de Âncora e Espaços de Integração para o Ensino Articulado (2 milhões de euros).

A visita de Tiago Brandão Rodrigues começou pelo primeiro complexo, percorrendo a obra. Aí também fez um balanço do primeiro período escolar, agradecendo às direções escolares e a toda a comunidade envolvida, que assumiram com sucesso o compromisso do regresso às aulas presenciais.

O Ministro apelou a que as boas regras sejam mantidas durante as férias escolares para que, findo este período, possamos voltar mais uma vez e em segurança. Referiu também o enorme trabalho que está a ser feito em matéria de transição digital, revelando que o Governo conseguiu comprar mais 350 mil computadores.

Miguel Alves sublinhou a importância da vinda do ministro a um território onde estão a ser investidos 5,5 milhões de euros em simultâneo em escolas. Referiu ainda que a descentralização de competências implicou este ano letivo um investimento de mais 1,3 milhões de euros, a que se somam os transportes escolares gratuitos, fichas escolares, refeições.

O Presidente da Câmara, tal como o Ministro já tinha feito, agradeceu às comunidades escolares, recordando que as obras decorrem em paralelo com a atividade presencial, tendo sido conseguido um extraordinário equilíbrio.

Especificou que o esforço financeiro da Câmara nestas obras é de 1,5 milhões de euros na Escola Sidónio Pais, e de meio milhão de euros em Vila Praia de Âncora.  

Duas empreitadas em curso

A empreitada de requalificação e ampliação da Escola Secundária Sidónio Pais, em Caminha, um investimento que ronda os 3,5 milhões de euros, corresponde a uma aspiração antiga da comunidade escolar. As obras estão a decorrer a bom ritmo, encontrando-se já mais de metade do processo concluída. Prepara-se para entrar na fase de acabamentos.

Este foi um processo difícil do ponto de vista burocrático, depois de um primeiro concurso internacional que ficou deserto. O complexo escolar está a ser ampliado, sem prejuízo dos espaços ao ar livre, e dotado de mais 15 salas de aula, sendo duas delas laboratórios. Da intervenção resultará um conjunto funcional, moderno e sustentável, onde a comunidade escolar encontrará condições de conforto facilitadoras do ensino e da aprendizagem.

Por outro lado, as obras de “ampliação da Escola Básica e Secundária de Vila Praia de Âncora e Espaços de Integração para o Ensino Articulado” também estão a decorrer. Cumpre-se um velho anseio da população que assim terá um equipamento específico para as crianças do primeiro ciclo do ensino básico. A construção da Escola Básica de Vila Praia de Âncora vai custar cerca de dois milhões de euros. Iniciadas há pouco mais de um mês, as obras estão na fase de escavação.

A empreitada compreende a intervenção na Escola Básica e Secundária, em Vila Praia de Âncora, com a construção de um novo edifício. O complexo a construir terá duas funções, servindo para o ensino do 1º ciclo, mas também como sede e centro de aprendizagem da Academia de Música Fernandes Fão. A obra contempla várias salas de aula, polivalentes e específicas. Haverá também um novo acesso ao estabelecimento de ensino, a pensar nos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico. O espaço exterior será igualmente renovado, sendo redesenhados os locais destinados à prática de educação física. As obras terminarão previsivelmente dentro de 18 meses.

Entretanto, num terreno contíguo, no âmbito deste mesmo investimento, serão construídas as novas instalações da Academia de Música Fernandes Fão (AMFF), com espaços destinados à parte administrativa, salas de aula, estúdio, salas de estudo individualizado e um auditório com capacidade para cerca de 170 pessoas, prevendo-se uma utilização polivalente. Será ainda criada uma ligação física e funcional entre as instalações da Escola Básica e Secundária do Vale do Âncora e o edifício da AMFF, sobretudo para que os alunos do ensino articulado possam circular entre as duas unidades sem ter de passar pelo exterior dos complexos.

Com a ampliação da escola criam-se ainda condições de trabalho para professores e para toda a comunidade escolar, acautelando o possível crescimento do número de estudantes. Esta amplificação permite receber os alunos do primeiro ciclo de ensino, não havendo separação da restante envolvente de comunidade escolar.


 

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

Estatuto Editorial do Cerveira Nova

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

cerveirafm

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.