terça, 07 abril 2020
Imagem topo

Uso do Fogo Técnico para a prevenção e combate de incêndios florestais

Publicado domingo, 19 janeiro 2020 10:33

No âmbito do projeto ARIEM PLUS - Assistência Recíproca Inter-regional em Emergências e Riscos Transfronteiriços, financiado pelo Programa INTERREG, a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) encontra-se a dinamizar uma iniciativa transfronteiriça de “Capacitação (...)

Leitura livre


No âmbito do projeto ARIEM PLUS - Assistência Recíproca Inter-regional em Emergências e Riscos Transfronteiriços, financiado pelo Programa INTERREG, a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) encontra-se a dinamizar uma iniciativa transfronteiriça de “Capacitação Conjunta de Uso do Fogo Técnico” durante o primeiro trimestre de 2020, totalizando assim cerca de 120 horas de capacitação conjunta na temática da prevenção e combate de incêndios florestais.

Na abertura da referida ação, iniciada hoje, dia 13 de janeiro, nas Instalações da CIM Alto Minho em Valença, esteve presente o vice-presidente da CIM e também Presidente da Câmara Municipal de Valença, Manuel Lopes, que sublinhou a importância da capacitação no domínio do combate aos incêndios florestais enquanto desígnio global.

Esta capacitação conjunta visa a aquisição de conhecimento e capacidade para o planeamento, execução e avaliação de operações de fogo controlado, permitindo a obtenção de credenciação em fogo controlado e abarcando diversas temáticas relacionadas com o fogo técnico, desde o planeamento, ferramentas de apoio à decisão, uso de simuladores, comportamento do fogo, segurança e técnicas de ignição e de condução da queima prescrita, entre outras temáticas.

Pretende-se dotar os técnicos de ferramentas técnicas (teóricas e práticas) que lhes permitam entender e elaborar planos de fogo controlado e executar (através de ações piloto) as diversas técnicas de ignição para queima prescrita, bem como a avaliação dos impactes de queima.

Esta iniciativa cumpre os requisitos exigidos em termos legais, encontrando-se certificada pelo ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, e vai permitir a credenciação de 25 participantes de Portugal e Espanha (técnicos de gabinetes técnicos florestais e serviços municipais de proteção civil dos municípios, elementos dos bombeiros, elementos da GNR, técnicos florestais da Galiza, entre outras entidades) como técnicos de fogo controlado. No final destas ações os participantes ficarão habilitados, com a capacitação teórica e prática, para solicitar a respetiva credenciação ao ICNF.

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

Estatuto Editorial do Cerveira Nova

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

radio cultural de cerveira

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.