segunda, 30 março 2020
Imagem topo

Edição de 2020 da Verde Noivos encerra após ver passar milhares de visitantes

Publicado domingo, 19 janeiro 2020 16:25

A Consolidação da marca Ponte de Lima como destino de excelência para a realização de festa do matrimónio, voltou a ser reforçada, na XIII Verde Noivos. Alavancando o crescimento e a maturação da indústria do casamento em Portugal, o Município de Ponte de Lima dedica, desde 2007, (...)

Leitura livre


A Consolidação da marca Ponte de Lima como destino de excelência para a realização de festa do matrimónio, voltou a ser reforçada, na XIII Verde Noivos.

Alavancando o crescimento e a maturação da indústria do casamento em Portugal, o Município de Ponte de Lima dedica, desde 2007, esta iniciativa a quem vai subir ao altar, ou organizar eventos festivos.

Nas palavras do Presidente da Câmara Municipal, Eng. Victor Mendes, “este é no fundo um evento que procura ir de encontro ao projeto «Em Época Baixa, Ponte de Lima em Alta», exatamente para combater a sazonalidade, e para procurar atrair mais gente” a esta que é a Vila mais Antiga de Portugal, durante a visita oficial ao evento.

A iniciativa que registou em 2020 um aumento significativo de visitantes tem, em paralelo, “tido enorme adesão da parte dos empresários ligados ao setor, uma área muito transversal que gera efetivamente muita economia do ponto de vista local”, confirmou o Presidente da Câmara Municipal.

O evento proporciona às empresas uma plataforma de negócio, direcionada para este nicho de mercado, que alavanca uma multiplicidade de setores que se souberam adaptar às necessidades de uma indústria em expansão.

“Temos aqui empresários de Ponte de Lima, e da região, que demonstram ser empresas de enorme qualidade, num setor muito importante, como é este que emprega largas centenas de pessoas, o que é uma nota que nos apraz registar”, revela o Edil Limiano, acrescentando que “há uns anos atrás nós não dispúnhamos destas empresas no nosso território, tínhamos que ir contratar empresas fora, e isso felizmente já não acontece”.

O evento cujo número de expositores atingiu as cinco dezenas, teve, este ano, um crescimento considerável, e “vem de encontro também àquilo que são os legítimos anseios do outro tecido empresarial ligado ao comércio tradicional, à restauração, e à hotelaria”, revelou o Presidente da Câmara Municipal. Nas suas palavras, “quando nós organizamos estes eventos normalmente ao fim de semana temos os nossos hotéis cheios, e temos os nossos restaurantes cheios. E portanto esse é também um fator muito importante para nós. Como temos dito, estes eventos não podem nem devem circunscrever-se apenas a este espaço físico da Expolima”, neste sentido o autarca pretende alavancar a realidade de uma nova fase do mercado, em que se pretende “que haja uma dinâmica não apenas no Centro Histórico mas em todo o concelho”, de forma a contrariar as dinâmicas da tendência sazonal, da chamada época baixa, potenciando os recursos endógenos, em prol dos agentes locais, e dos empresários do setor.

logo branco

Quinzenário do concelho de Vila Nova de Cerveira. Medalha de mérito concelhio.

Estatuto Editorial do Cerveira Nova

geral@cerveiranova.pt
Telefone: +351 251 794 762

radio cultural de cerveira

Subscreva a nossa newsletter e receba as nossas novidades em primeira mão.